BRASIL, Mulher, Leh Gratão wants to tell you that...

 

    Facebook.


 

 
 

   


 
 
Warning! Her heart is on fire.



"O amor é mais verdadeiro e autêntico do que nós. Todo caso de amor é um novo nascimento. O ego é como a escuridão, mas quando chega a luz do amor, a escuridão se vai. As escolhas devem ser pelo real, pior e doloroso e não pelo confortável, conveniente e burguês. O amor nos tira do ego, do passado e do padrão e por isso parece confusão. Ficar louco de vez em quando é necessidade básica para permanecer são. Quando a loucura é consciente, pode-se voltar. Todos os místicos são loucos. O amor é alquimia porque primeiro tira o ego e depois dá o centro. Amar é difícil, mas receber amor é quase impossível, porque a transformação é maior e o ego desaparece. É o anseio pelo divino que impede que qualquer relacionamento satisfaça. As pessoas mais criativas são as mais insatisfeitas porque sabem que muito mais é possível e não está acontecendo"

Osho



Escrito por Leh! às 14h29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




- Tô me sentindo uma vagabunda.

- Desculpa.

- Não; não era no sentindo ruim.



Escrito por Leh! às 10h32
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Eu tenho um grave problema que se chama: entrega.

Eu não estou entregue 100%, por que é difícil demais de chegar lá. Talvez eu nunca saiba o que é estar 100% entregue.
Mas eu me sinto tão estranha em relação a você. Ao mesmo tempo que eu penso que temos intimidade, parece que não temos. Sei lá. Na mesma hora que você demonstra interesse, age como se eu mal estivesse ali.
Eu sei que está muito recente, é que eu realmente queria que desse certo logo e confesso que estou um pouco afobada. Está tudo tão bom que não tem motivo aparente pra eu não agir como se você já estivesse na minha vida há anos (de fato está).
Não preciso fazer tipo, ou joguinho, ou charminho. Sou só eu. É só você. Agora que estamos dando certo, vamos fazer dar certo mesmo.
Me conheça, me permita te conhecer. Fala comigo com doçura e deixa eu ser doce.
Desculpa se estou te sufocando, é que você parece querer isso. Quando estou "away", você reclama. Quando tento participar demais da sua vida, você parece afastar. 
Não sei como agir.
Tem tanta coisa que eu queria falar, mas vou guardar pra mim. Deixa.
Desculpa meu jeito meio atrapalhado de ser e não vai embora não.

Leh.


Escrito por Leh! às 18h07
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Escrito por Leh! às 15h20
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]





[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]